Saiba como se inscrever para ser mesário nas eleições

O 1º turno do pleito acontece no dia 6 de outubro e, o 2º, ocorre no dia 27 do mesmo mês, se necessário. Qualquer eleitora ou eleitor maior de 18 anos e com a situação regular na Justiça Eleitoral pode ser mesário voluntário.
Divulgação

Ser mesária ou mesário é participar de forma ativa das eleições e contribuir para o fortalecimento da democracia do país. Quem quiser prestar esse importante serviço à sociedade pode se voluntariar para trabalhar nas Eleições Municipais de 2024.

O 1º turno do pleito acontece no dia 6 de outubro e, o 2º, ocorre no dia 27 do mesmo mês, se necessário. Qualquer eleitora ou eleitor maior de 18 anos e com a situação regular na Justiça Eleitoral pode ser mesário voluntário.

Como se voluntariar?

  • Pelo e-Título – Para fazer a inscrição como mesário voluntário pelo e-Título, basta acessar o aplicativo, clicar em “Mais Opções” e, em seguida, em “Mesário voluntário” e confirmar a inscrição.
  • Canal do Mesário – Já para realizar a inscrição por meio do Canal do Mesário, página exclusiva que reúne todas as informações sobre a função, é preciso acessar o portal e clicar em “Quero ser mesário” e ir até o final da página, na seção “Como ser mesária ou mesário”. Depois, clique em cima do seu estado no mapa. Assim, você será redirecionado para preencher uma ficha on-line diretamente no site do TRE da sua localidade.
  • Cartório eleitoral – Outra opção é entrar em contato com o cartório eleitoral em que você está cadastrado como eleitora ou eleitor. Consulte as informações de contato na página do TRE do seu estado.

Vale lembrar que só é possível se candidatar a mesária ou mesário voluntário para a zona eleitoral em que está cadastrado o seu título de eleitor. Após a inscrição, seu nome entrará para uma lista e, quando houver necessidade, o cartório fará a convocação.

Não podem se inscrever: candidatos, candidatas e respectivos cônjuges e parentes, ainda que por afinidade, até segundo grau; membros de diretórios de partidos políticos ou federações com função executiva; autoridades públicas; agentes policiais; ocupantes de cargos de confiança no Poder Executivo; e menores de 18 anos de idade.

Treinamento

Os treinamentos para os mesários – convocados ou voluntários – são realizados a cada eleição. Na carta de convocação, a pessoa receberá as instruções sobre a modalidade de treinamento (a distância ou presencial).

Nas últimas Eleições Gerais, o treinamento a distância ocorreu via Portal EaD ou pelo Aplicativo Mesário. No Canal do Mesário, também foi possível encontrar material de apoio para a realização dos trabalhos.

Vantagens

Além de contribuir para fortalecer a democracia do país e garantir a realização de eleições seguras e transparentes, a mesária e o mesário têm direito a dois dias de folga por cada dia trabalhado para a Justiça Eleitoral.

A conclusão do treinamento – seja presencial ou a distância – é considerada mais uma convocação; portanto, garante outros dois dias de folga. É importante negociar esses dias com a empresa, órgão ou instituição em que a pessoa trabalhou na época da eleição.

Além das folgas, os dias trabalhados podem contar como horas complementares em cursos universitários, desde que a instituição seja conveniada com o TRE do seu estado.

Em caso de empate em concurso público, o trabalho como mesário pode contar como vantagem para o desempate, desde que esteja em previsto no edital.

Além disso, no dia da eleição, os mesários recebem auxílio-alimentação no valor de R$ 60.

Notícias relacionadas