Previous
Next

Reorganização da Fundação de Meio Ambiente deve criar 15 cargos

Projeto também extingue alguns cargos existentes e remaneja outros ligados à Gerência de Bem Estar Animal para que façam parte da organização da Flama. Já as funções que serão criadas incluem até chefe de gabinete para a autarquia, com salário de R$ 5,8 mil, o maior da lista divulgada.
Foto: Divulgação/Flama

O projeto de reorganização da Fundação Lagunense de Meio Ambiente (Flama) para absorver as funções ligadas ao bem-estar animal, atualmente ligadas à Secretaria de Pesca e Agricultura (Sepagri), deve gerar a criação de mais 15 cargos na estrutura da autarquia.

A proposta ingressou na Câmara, a pedido da prefeitura, na última segunda-feira, 19, e tem pedido de urgência. Se for aprovado, o projeto passa a tramitar com mais agilidade e em menor tempo em relação às demais propostas protocoladas.

“Ela representa não apenas uma necessidade legal, mas também um passo importante para o futuro ambiental e social do nosso município, alinhando as ações da Fundação Lagunense do Meio Ambiente, Proteção e Bem-estar Animal com as expectativas e necessidades da nossa comunidade”, justificou o prefeito Samir Ahmad (sem partido), em texto que acompanha o projeto.

O projeto também extingue alguns cargos existentes e remaneja outros ligados à Gerência de Bem Estar Animal para que façam parte da organização da Flama. Já as funções que serão criadas incluem até chefe de gabinete para a autarquia, com salário de R$ 5,8 mil, o maior da lista divulgada.

A proposta deve ser debatida a partir da sessão de segunda-feira, 26, mas já vem recebendo críticas públicas de alguns vereadores.

Confira os cargos e salários

  • Diretor de Fiscalização Ambiental e Proteção Animal – R$ 3.560,00
  • Assessor Especial de Bem-estar Animal – R$ 3.560,00
  • Diretor de Projetos e educação ambiental – R$ 3.700,00
  • Diretor de licenciamento – R$ 4.300,00
  • Diretor Médico Veterinário – R$ 5.191,36
  • Advogado-Geral Fundacional – vencimento não informado
  • Assessor Jurídico da Presidência – R$ 4.800,00
  • Diretor Geral Administrativo – R$ 4.500,00
  • Chefe de Gabinete da Presidência – R$ 5.800,00
  • Assessor Especial da Presidência – R$ 3.500,00
  • Assessor Técnico – R$3.700,00 (quatro vagas)
  • Assessor de Gestão – R$3.700,00

Notícias relacionadas