Prefeitura quer transferir bem-estar animal para Flama

Essa é a segunda vez em menos de um ano que o governo municipal solicita autorização para readequar a Flama. No fim do ano passado, a prefeitura cogitou a extinção da fundação para criação de uma secretaria.
Foto: Agora Laguna

A reestruturação da Fundação Lagunense de Meio Ambiente (Flama) voltou à pauta na Câmara de Vereadores com a entrada de um projeto de lei complementar para tirar as funções ligadas ao bem-estar animal da Secretaria de Pesca e Agricultura (Sepagri) e incluir na autarquia.

Essa é a segunda vez em menos de um ano que o governo municipal solicita autorização para readequar a Flama. No fim do ano passado, a prefeitura cogitou a extinção da fundação para criação de uma secretaria.

Além dessa função, o projeto, assinado pelo prefeito Samir Ahmad (sem partido), prevê que a fundação incorpore também o departamento de assuntos ligados aos resíduos sólidos, igualmente existente na estrutura da mesma secretaria. O documento divulgado no site da Câmara não traz justificativa.

A reorganização também vai realocar, criar e extinguir alguns cargos existentes atualmente. Em um dos pontos do projeto são citadas as ações civis que tiveram condenação judicial para que a prefeitura adote medidas para resolver a situação de cães abandonados.

Notícias relacionadas