Pescadores voltam a pedir abertura de rio

“Nos últimos 26 anos a nossa lagoa desassoreou mais de 1,4 metros. Se nada for feito nos próximos anos nossa lagoa irá se transformar num campo de futebol”, afirma o pescador Licério Laureano.
Divulgação/Amurel

Pescadores da região do Canto da Lagoa seguem na luta para tentar reabrir o chamado rio dragado. Nesta semana, buscaram novamente apoio da Associação de Municípios da Região de Laguna (Amurel).

Com o tempo e a ação humana, as águas da bacia e chuvas desembocam nessa lagoa e prejudicam a atividade pesqueira local. “Nos últimos 26 anos a nossa lagoa desassoreou mais de 1,4 metros. Se nada for feito nos próximos anos nossa lagoa irá se transformar num campo de futebol”, afirma o pescador Licério Laureano.

Para o presidente da Amurel, o prefeito de Armazém, Luiz Paulo Rodrigues Mendes (PP), a situação é preocupante. “Vamos contatar todas as autoridades envolvidas no assunto. É importante destacar que o Comitê vem debatendo este assunto e solicitando os estudos necessários aos órgãos competentes. Nenhuma ação deve ser tomada sem estudo ou projeto, pois toda a região pode ser afetada, positivamente e negativamente por qualquer atitude que seja tomada agora”, disse.

Notícias relacionadas