Morre economista Marcos Aurélio Barzan aos 79 anos

Esportista e político, Leca Barzan concorreu à prefeitura em 1992 e foi candidato a vice em 1972, 1996 e 2020.
Divulgação/MDB

O economista Marcos Aurélio Barzan morreu na madrugada desta quinta-feira, 8, aos 79 anos, em Tubarão, onde estava internado. Mais conhecido como Leca, ele foi servidor público estadual e municipal, tendo participado de diversas eleições nos últimos cinquenta anos.

No esporte, foi zagueiro com atuação pelo Barriga Verde entre 1962 e 1966 e por equipes como Ponte Preta, Juventude, Lamego e Portuguesa. Atualmente, integrava o Galo Velho Futebol e Lazer. Torcia para o Figueirense e chegou a ser cônsul do time em Laguna.

Foi servidor público atuando em órgãos estaduais e municipais, como na Câmara Municipal de Laguna onde foi diretor-geral entre 1989 e 1996. Foi assessor parlamentar e chefe de gabinete na Câmara de Florianópolis entre 1997 e 2002. Chegou a ser presidente do Conselho Regional de Economia (Corecon) em Santa Catarina.

Retornou para Laguna em 2003 e assumiu cargos no Executivo municipal. O ultimo cargo ocupado na prefeitura foi o de coordenador especial de Gabinete, na administração de Everaldo dos Santos (então no MDB), entre 2013 e dezembro de 2014, onde chegou a ocupar também a função de secretário da Fazenda.

Um dos mais antigos filiados ao MDB em Laguna, Leca ingressou no partido em 1971 e um ano depois concorreu a vice-prefeito. Em 1992, foi o candidato a prefeito da legenda. Quatro anos depois, ao se sentir desprestigiado, ingressou no PFL e concorreu como vice na chapa de João Batista dos Santos. O regresso ao MDB foi em 2003, tendo sido candidato a vereador em 2004 e vice em 2020, com Mauro Candemil à reeleição. Em todas as tentativas não teve êxito.

O velório vai acontecer a partir das 8h, na sala mortuária Santo Antônio, da Casa Funerária Gomsan. O sepultamento ocorre às 16h, no Cemitério da Irmandade.