Previous
Next

Governo começa revisão do Bolsa Família e alerta para beneficiários atualizarem cadastro

Segundo o governo, a medida segue a legislação e faz parte da ação contínua de qualificação cadastral.
Foto: Roberta Aline/MDS/Divulgação

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) divulgou no começo da semana que sete milhões de famílias, beneficiárias e não beneficiárias do Programa Bolsa Família, precisam atualizar dados no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal, o CadÚnico.

Segundo o governo, a medida segue a legislação e faz parte da ação contínua de qualificação cadastral. Os dados precisam refletir a realidade das famílias em vulnerabilidade, para que sejam usados para formulação, implementação, monitoramento e avaliação de políticas públicas. As atualizações dos dados também servem para prevenir fraudes no recebimento de benefícios e melhorar o acesso a algum dos 36 programas federais que usam os dados do CadÚnico para inclusão de beneficiários.

As famílias vão ser alertadas pelo aplicativo do CadÚnico, disponível para smartphones nos sistemas Android e iOS e pela internet, além de outros meios. A partir daí, devem procurar pessoalmente o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) no município onde vive ou o setor da prefeitura responsável pela gestão municipal do CadÚnico, para atualizar os dados do núcleo familiar.

Ao se dirigir ao posto de atendimento, os responsáveis devem levar documento de identificação com foto e outros como CPF ou Título de Eleitor, comprovante de residência e documentos de todas as pessoas da família que moram no mesmo domicílio.Mesmo que não receba qualquer notificação sobre a revisão cadastral, o beneficiário pode checar a situação de seus dados, data da última atualização e data limite para uma nova atualização cadastral no aplicativo do Cadastro Único.

Notícias relacionadas

Previous
Next