Jovem realiza sonho e publica primeiro romance

"A trajetória ainda está no início, mas é finalmente um alívio – após tantos anos – poder mostrar o que escrevo ao mundo. Meu sonho só começou", diz a jovem.
Arquivo pessoal

Escrever um livro, planejar enredos e entrelaçar histórias que encantam ou provocam a imaginação do leitor. Sarah Hilgert Vieira, 25, tinha um sonho de conseguir colocar tudo isso no papel e agora curte a emoção de ter impresso seu primeiro lançamento literário.

O fim de um relacionamento motivou a escrita do primeiro poema ainda na fase da adolescência e isso abriu um mundo, ou melhor, um capítulo em seus planos. Na busca por uma formação que lhe aproximasse disso, a lagunista, que é natural de Blumenau mas viveu as últimas duas décadas aqui, buscou o Jornalismo. Todavia, queria mais.

“O que me levou verdadeiramente a escrever é minha profundidade e sensibilidade. Sempre fui uma pessoa que muitos chamavam de dramática por ser intensa. E essa intensidade fez com que eu passasse a usar a escrita como uma válvula de escape, de desabafo. Hoje, sem ela eu sei que não conseguiria passar por muita coisa. Tive alguns problemas psicológicos no passado e problemas de autoestima que hoje sei lidar melhor”, revela.

Inicialmente em um ebook (livro virtual), o romance Ressuscitando de uma vida perdida virou impresso nos primeiros dias do ano. Nas páginas, nos é apresentada a protagonista Angel. Adolescente, ela precisa lidar com o luto e com a solidão que se tornou sua vida.

“Só que ao decorrer da história, além de novas pessoas cruzarem seu caminho (boas e ruins), ela também se apaixona e tem que lidar com segredos de seus antepassados e consertar uma ameaça maior que aterroriza a cidade e que seus pais tentaram esconder para protegê-la”, antecipa a jovem escritora. O enredo, assegura, também tem seus clímax. “Há um impasse, que não irei revelar, mas que faz com que você se questione se eles tem um final feliz”, diz.

Sarah sabe que o mercado literário e o interesse da população em ler têm diminuído, mas não se desanima. “É muito gratificante ver alguém lendo o que você escreveu e se identificando e admirando seu trabalho”, destaca, acrescentando também que descobriu um mundo por trás da escrita, que envolve detalhas, como a diagramação do texto. Itens necessários para que o livro chegue apresentável e atrativo ao leitor. “A trajetória ainda está no início, mas é finalmente um alívio – após tantos anos – poder mostrar o que escrevo ao mundo. Meu sonho só começou”, conclui.

Onde adquirir

e-book pode ser adquirido na livraria da Amazon (neste link). O físico, ao preço de R$ 30, pode ser obtido com a autora no telefone (48) 9 9920-4048.