Previous
Next

Professor de Laguna divulga estudo com alternativas para reduzir uso de agrotóxicos

Artigo assinado por Guilherme Dilarri, da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), foi lançado na mais recente edição da revista Advanced Functional Materials, uma das mais conceituadas no meio acadêmico em matéria de biomateriais.
Foto: Udesc Laguna/Divulgação

Um professor do Centro de Educação Superior da Região Sul (Ceres), de Laguna, divulgou um artigo sobre um e um novo biopolímero para uso na agricultura com intenção de diminuir a aplicação de agroquímicos nos campos agrícolas.

O artigo assinado por Guilherme Dilarri, da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), foi lançado na mais recente edição da revista Advanced Functional Materials, uma das mais conceituadas no meio acadêmico em matéria de biomateriais.

“Nesse trabalho, os grupos de pesquisa sintetizaram com sucesso pela primeira vez um biopolímero antibacteriano biodegradável, com a capacidade de se aderir em folhas de plantas, para ser aplicado como uma alternativa aos agroquímicos, diminuindo assim os efeitos tóxicos desses produtos no campo”, resume Dilarri.

A pesquisa que gerou o artigo é fruto de colaboração internacional entre Brasil e Alemanha e contou com participação da Universidade de São Paulo (Unesp) e dos institutos alemães de Leibniz (DWI, na sigla original) e de Aachen (RWTH, no original). “O trabalho contou com toda uma engenharia de proteínas para projetar um biopolímero que tivesse a melhor adesão para folhas, além de uma alta atividade inibitória contra fitopatógenos. Os resultados foram muito positivos para a agricultura, o que abre portas para testes em outras áreas, sendo este o próximo passo do grupo de pesquisa”, comemora. O artigo pode ser lido aqui.

Notícias relacionadas

Previous
Next