Retomada travessia aquaviária no Canal da Barra

No domingo, 8, segue a condição de tempo instável pelo estado, com a ocorrência de temporais acompanhados de chuva intensa e volumosa devido ao processo de formação de um sistema de baixa pressão na costa do sudeste do Brasil, com risco alto a muito alto para ocorrências como alagamentos, deslizamentos, enxurradas e inundações graduais.
Foto de arquivo: Elvis Palma/Agora Laguna

A travessia aquaviária no Canal da Barra voltou ao normal e já pode ser utilizada neste domingo, 8, após a diminuição da força da correnteza na região.

O serviço é operado via balsa, pela empresa Laguna Navegação, e por bote, pela empresa Adilson Mariano Transporte Marítimo. No sábado, 7, cenas de rejeitos vindos do rio chamaram atenção e lembraram as imagens vividas em maio de 2022.

Segundo a Defesa Civil, em mais de 24h, Laguna teve registro de volume de chuva superior a 120 milímetros e em Tubarão, o índice de precipitação causou cheia no rio Tubarão e isso reflete na Barra lagunense.

Previsão

No domingo, 8, segue a condição de tempo instável pelo estado, com a ocorrência de temporais acompanhados de chuva intensa e volumosa devido ao processo de formação de um sistema de baixa pressão na costa do sudeste do Brasil, com risco alto a muito alto para ocorrências como alagamentos, deslizamentos, enxurradas e inundações graduais. O mar fica pouco agitado com ondas de direção leste e alturas entre 1,5 e 2,0 m do Litoral Sul à Grande Florianópolis com picos de 2,5 m em alto mar e alturas entre 1,0 e 1,5 m com picos de 2,0 m em alto mar no Litoral Norte.

Entre a madrugada e manhã da segunda-feira, 9, ainda ocorre chuva nas regiões mais ao nordeste do estado e o tempo volta a ficar firme do Extremo Oeste aos planaltos. Ao longo da manhã as instabilidades se afastam do estado, mas no litoral e em áreas próximas a oferta de umidade do oceano para o continente deixa o tempo encoberto e com possibilidade de chuvas fracas a qualquer hora do dia.