BR-101 terá mão única na região de Pescaria Brava

Projeto e o cronograma de alteração dos fluxos vão ser divulgados em breve após análise jurídica e engenharia.
Divulgação/CMPB

Uma reunião realizada na manhã desta sexta-feira, 1º, entre a CCR ViaCosteira, prefeitura e vereadores de Pescaria Brava, apresentou o projeto que define as marginais da BR-101 como mão única, exceto na região de Ponta de Laranjeiras.

O projeto e o cronograma de alteração dos fluxos vão ser divulgados em breve após análise jurídica e engenharia. Além do município, outras cidades afetadas têm feito pedidos junto ao governo federal e aos representantes catarinenses em Brasília para tentar diminuir os impactos da mudança e evitar prejuízos.

Uma das preocupações, segundo o vereador João Fernandes Floriano (PP), diz respeito aos construtores que precisarem acessar a rodovia. Eles terão de enviar projeto para análise da CCR e da  Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em Brasília.

A medida surge em meio a repercussão negativa das mudanças na cidade de Capivari de Baixo, onde a prefeitura tem buscado meios para reverter as alterações.

Notícias relacionadas