Júri condena homem por tentativa de homicídio, no Magalhães

Preso aproveitou o momento em que a pessoa deu as costas para a janela, sacou uma faca e desferiu um golpe na região do pescoço.
Divulgação

Um homem foi condenado a 11 anos, seis meses e sete dias de prisão, em regime fechado, por tentar matar a facadas outro homem, em caso ocorrido em 27 de maio de 2022, na rua Oscar Pinho, Magalhães.

O crime ocorreu durante a madrugada e foi tratado como tentativa de homicídio duplamente qualificada. O condenado foi na casa da vítima questionar se sua ex-companheira estava no local, o homem o atendeu pela janela e disse que ela não estava.

Sem se contentar com a resposta, o preso aproveitou o momento em que a pessoa deu as costas para a janela, sacou uma faca e desferiu um golpe na região do pescoço.

O fato de a janela possuir grades permitiu que a vítima desviasse do golpe. O condenado ainda tentou impedir o trabalho dos bombeiros militares, acionados para socorrer o esfaqueado.

​O Conselho de Sentença, presidido pelo juiz Renato Müller Bratti, reconheceu que o réu praticou a tentativa de homicídio e as qualificadoras do motivo fútil e da utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima. O preso, detido ainda naquela madrugada, teve negado o direito de recorrer em liberdade. Cabe recurso da decisão ao Tribunal de Justiça, em Florianópolis.

O processo tramita em segredo de justiça.