Motorista preso simulou teste de bafômetro, segundo polícia

Moto conduzida pela jovem foi arrastada por cerca de 158 metros.
Foto: Luis Claudio Abreu/Agora Laguna

O motorista, 61 anos, preso em flagrante após o acidente grave que vitimou Yasmin Souza, 29, simulou ter realizado teste de bafômetro, segundo registro feito pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv), de Gravatal, que responde pelo patrulhamento na rodovia Francisco Pinho (antiga SC-436), na entrada de Laguna. A colisão fatal ocorreu nas proximidades da peixaria Siri Vivo.

A moto conduzida pela jovem foi arrastada por cerca de 158 metros. Ela pilotava uma Honda Biz 125 e teve o óbito confirmado ainda no local pela guarnição de socorro do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), de Laguna. A vítima deixa dois filhos.

O homem estava em um veículo Fiat Idea, de Imbituba. A PMRv registrou que o motorista tinha fala arrastada, vestes desalinhadas e apresentava desorientação. Ele ainda afirmou ter bebido cerveja e simulou o bafômetro por duas vezes. A voz de prisão foi dada, inicialmente, por um policial civil de folga e após os procedimentos, foi levado à delegacia de Imbituba.