Lagunense lança livro sobre responsabilidade civil do Estado

Obra analisa casos que ganharam contornos midiáticos como a Operação Ouvidos Moucos, de 2017, que promoveu buscas e apreensões na UFSC e em pessoas ligadas à direção
Divulgação

Trabalho premiado no Congresso de Direito Administrativo do Rio de Janeiro, a monografia Responsabilidade civil do Estado pela exposição abusiva de investigados na mídia (editora Institutas, 225 páginas), do advogado Murillo Preve de Oliveira será lançada em forma de livro na sexta-feira, 1º, às 19h, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Florianópolis.

“Em um panorama que as investigações criminais e civis ganham contornos de espetáculos midiáticos, os direitos das personalidades dos investigados mostram-se por vezes aspectos negligenciados e explorados indevidamente”, resume o autor.

A obra analisa casos que ganharam contornos midiáticos como a Operação Ouvidos Moucos, de 2017, que promoveu buscas e apreensões na UFSC e em pessoas ligadas à direção, entre as quais o então reitor Luiz Carlos Cancellier, que atentou contra a própria vida ao não suportar a pressão sofrida. Outras situações famosas a nível nacional, como o caso Escola Base, também passam pela análise do jovem advogado. O livro será comercializado a R$ 59,90.

Preve é formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e mestrando em direito pela Universidade Federal do Paraná (UFP). Também foi representante de Laguna, em 2012, no Parlamento Jovem Catarinense, como aluno da Escola Adélia Cabral Varejão (Fundação Bradesco).