Saúde decide manter uso da vacina da Janssen, no Brasil

Vacina foi autorizada para uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 31 de março de 2021 e teve o registro definitivo expedido em abril deste ano.
Divulgação/Johnson & Johnson

 908 visualizações,  4 views today

O Ministério da Saúde expediu, na quarta-feira, 11, nota informativa para divulgar a decisão sobre manter o uso da vacina Janssen, fabricada pela farmacêutica Johnson & Johnson, na campanha nacional de vacinação contra a Covid-19.

A vacina foi autorizada para uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 31 de março de 2021 e teve o registro definitivo expedido em abril deste ano.

A decisão de manter a Janssen no esquema vacinal considerou a recomendação da Anvisa para manter o uso da vacina. Ainda segundo o MS, 92% do público acima de 12 anos já recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e 87% já tomou a segunda dose ou dose única. Conforme último balanço, 487 milhões de doses do imunizante foram distribuídas para todos estados e Distrito Federal.