PMP estabiliza tartaruga-verde

Conforme relatos, ela poderia ter sido atropelada por uma embarcação, já que apresentava dois traumatismos, um no crânio e outro na carapaça.
Divulgação/PMP-BS

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), coordenado pela Udesc em Laguna, informou ter feito a estabilização de uma tartaruga-verde (Chelonia mydas).

O animal foi encaminhado à unidade pela Polícia Militar Ambiental (PMA) e, conforme relatos, ela poderia ter sido atropelada por uma embarcação, já que apresentava dois traumatismos, um no crânio e outro na carapaça.

Segundo o PMP, um dado curioso é que, pela fisionomia, a tartaruga poderia ser um caso de tartaruga híbrida, tese que poderia ser apenas comprovado perante uma análise de DNA.

Após a estabilização, a tartaruga foi encaminhada até o Projeto Tamar, em Florianópolis, onde uma reabilitação será efetuada, com o objetivo de devolver ela a natureza