Gabrielle Siqueira volta a ser secretária de Saúde

Gabrielle teve seu primeiro período à frente da função entre janeiro de 2021 e fevereiro de 2022.

A servidora pública Gabrielle Siqueira reassumiu a Secretaria de Saúde. A nomeação deve ser publicada no Diário Oficial, com data desta segunda-feira, 2. A gestora retorna ao cargo três meses depois após ter pedido exoneração por motivos particulares.

Gabrielle teve seu primeiro período à frente da função entre janeiro de 2021 e fevereiro de 2022 e acompanhou alguns dos momentos mais tensos da pandemia de coronavírus como as duas ondas de casos e óbitos por complicações da doença, e também o momento em que a cidade iniciou a vacinação contra a Covid-19.

“Retorno cheia de vontade para a gente poder lutar por uma saúde de qualidade em Laguna e agora, nesse ano, com a pandemia um pouco mais controlada, temos muitos projetos. Montamos o plano plurianual e temos metas para conquistar junto à população, entre elas: ampliação de equipes, implantação de um Emad (atenção domiciliar), aumentar o número de exames em pelo menos 25% e principalmente, valorizar os nossos servidores”, detalha a gestora sobre os novos projetos.

Durante os últimos três meses, a pasta foi administrada por Katie Dóris Benedet, que acompanhou a queda nos índices de contaminação por coronavírus e iniciou a campanha de imunização contra sarampo e gripe, agora com público-alvo ampliado.

Mudanças

O mês de abril que terminou no último sábado, 30, também foi marcado por outras mudanças na administração municipal. A começar pela troca de chefe de gabinete, cargo que deixou de ser ocupado por Mário Bongiolo e passou a ter no comando o ex-secretário-adjunto de Fazenda, José Antônio Martins Silva, o popular Zezé do Besc.

Além disso, foi exonerado o ex-vereador Vilson Elias Vieira (PSDB), o Vilsinho, que ocupava o cargo de secretário Executivo na Secretaria de Governo e Desenvolvimento (Segov). Também Morgana Souza Rodrigues deixou a assessoria Especial de Gabinete para Assuntos de Planejamento, foi nomeada para o cargo de Vieira e dias depois para a Assessoria Especial de Assuntos Estratégicos.

À Rádio Difusora, na última semana, o prefeito Samir Ahmad (Republicanos) comentou sobre as mudanças. “É natural a acomodação, precisamos mexer nos tabuleiros e sempre que precisar vamos fazer assim. A gente não tem compromisso com erro, com desmando, então, sempre que necessário, vamos mudar. A equipe entende e sabe disso. Temos um bem maior e lutamos pelo mesmo ideal: lutar pelo nosso município”, disse.