Com temperaturas baixas, Laguna monta operação para acolher pessoas em situação de rua

Na segunda-feira, 16, ao menos quatro pessoas aceitaram a proposta de ir para o abrigo temporário, em um hotel, no bairro Mar Grosso. Outros dois não quiseram ir para o local de acolhimento, porém aceitaram receber cobertores e marmita para refeições.
Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna

As previsões de frio intenso para os próximos dias em virtude de um ciclone subtropical na costa sul-brasileira motivaram um planejamento de urgência, pela Secretaria de Assistência Social, para assegurar acolhimento às pessoas mais vulneráveis, sobretudo, quem vive em situação de rua.

Na segunda-feira, 16, ao menos quatro pessoas aceitaram a proposta de ir para o abrigo temporário, em um hotel, no bairro Mar Grosso. Outros dois não quiseram ir para o local de acolhimento, porém aceitaram receber cobertores e marmita para refeições.

De acordo com a secretária Adriana do Carmo, essa ação tem coordenação a partir do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas). “As esquipes estão mobilizadas para atuar no que for preciso com a chegada de uma nova onda de frio intenso. O alerta é para declínio acentuado na temperatura em todas as regiões. Devido ao alerta da Defesa Civil, estamos fazendo busca ativa com moradores em situação de rua para levar para abrigo”, descreve.