Região da Amurel ajudará a manter serviço aeromédico

O Sarasul atende 45 municípios da região Sul de Santa Catarina. Em 2021, foram 185 atendimentos, sendo 83 na Amrec, 55 na região da Amurel, 39 na Amesc e ainda 8 em outras regiões.
Divulgação/Amrec

As dezoito cidades que compõem a Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) vão dividir os custos da manutenção do Serviço de Atendimento de Resgate Aeromédico do Sul (SaraSul) com a associação da Região Carbonífera (Amrec).

A confirmação foi dada pelo prefeito de Pedras Grandes, Agnaldo Filippi (PP), presidente da Amurel, em reunião na última sexta-feira, 11, com diretores da Amrec.

O próximo passo serão os procedimentos burocráticos para oficializar o auxílio no rateio. “O Sarasul é de grande importância para todo sul catarinense. É justo que também possamos contribuir para que o serviço possa continuar salvando vidas”, disse Filippi.

Além da Amurel, há conversas para que a associação do Extremo Sul (Amesc) também contribua com a manutenção financeira do serviço. “Precisamos dessa divisão igualitária, para que tenhamos a continuidade do serviço. Assim ele não pesa para alguns e funciona para o bem estar da população”, afirma presidente do CIM-Amrec e prefeito de Cocal do Sul, Fernando de Faveri (MDB).

O Sarasul atende 45 municípios da região Sul de Santa Catarina. Em 2021, foram 185 atendimentos, sendo 83 na Amrec, 55 na região da Amurel, 39 na Amesc e ainda 8 em outras regiões.

Notícias relacionadas