Prefeito de Jaguaruna prevê que até junho obras de desassoreamento do Camacho serão terminadas

De acordo com o chefe do Executivo, 40% do trabalho já foi concluído. "São 12 horas de trabalhos e já foram retirados 80 mil metros cúbicos até o momento", relatou à rádio. A obra iniciou faz cerca de 45 dias.
Foto: Júlio Cavalheiro/Secom Governo de SC

Até junho, as obras de desassoreamento da Barra do Camacho devem estar concluídas, afirmou o prefeito Laerte Silva (PSC) à Rádio Som Maior, de Criciúma, nesta sexta-feira, 18.

De acordo com o chefe do Executivo, 40% do trabalho já foi concluído. “São 12 horas de trabalhos e já foram retirados 80 mil metros cúbicos até o momento”, relatou à emissora. A obra iniciou faz cerca de 45 dias.

O desassoreamento é a remoção de areia, lodo e outros sedimentos do fundo do leito do canal, causados por ações humanas ou pelo desbarrancamento de terra decorrentes de fenômenos naturais. Para a obra, o governo de Santa Catarina liberou quase R$ 5 milhões. Com a barra fechada, estima-se que 1,2 mil famílias de Laguna e Jaguaruna sejam afetadas diretamente.

Notícias relacionadas