Plano de Turismo vira lei em Laguna

Laguna tem inúmeras potencialidades turísticas: histórico (com o Centro tombado pelo patrimônio nacional), ecológico (com suas trilhas e espetáculos naturais como a pesca com botos), religioso (através de festas como as trezenas de Santo Antônio), cultural (com os grupos tradicionais de boi-de-mamão e escolas de samba, por exemplo), entre outras vertentes.
Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

 3,768 visualizações,  4 views today

O Plano Municipal de Turismo, aprovado em fevereiro pela Câmara, foi sancionado e virou lei em Laguna. O documento foi assinado pelo prefeito Samir Ahmad (sem partido) e publicado, nesta segunda-feira, 7, no Diário Oficial dos Municípios. O plano traz mecanismos para o desenvolvimento turístico da cidade nos próximos dez anos.

Laguna tem inúmeras potencialidades turísticas: histórico (com o Centro tombado pelo patrimônio nacional), ecológico (com suas trilhas e espetáculos naturais como a pesca com botos), religioso (através de festas como as trezenas de Santo Antônio), cultural (com os grupos tradicionais de boi-de-mamão e escolas de samba, por exemplo), entre outras vertentes.

“Vai ser a nossa cartilha de orientações pelos próximos dez anos. Foi uma construção feita por um colegiado com cem membros da sociedade e elaborado pelo Senac [via convênio]. Iremos dar continuidade e colocar em prática o plano”, afirma o secretário de Turismo, José Mello Junior. A prefeitura desembolsou R$ 78 mil no convênio.