Homem confessa ter matado mulher encontrada no antigo Campo do LEC

Vítima foi atingida na cabeça por uma pedra de aproximadamente dez quilos. Homem ficará preso à disposição da Justiça.

O homicídio de Débora Cardoso dos Santos, 50 anos, foi esclarecido pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Laguna. Os policiais deflagraram a operação Campo do LEC, nesta quarta-feira, 9.

As investigações começaram ainda no dia 20, quando a vítima foi encontrada nas dependências do Estádio Municipal João Batista Wendhausen Moraes (antigo campo do LEC). Ela chegou a ser socorrida com vida e morreu horas depois.

Segundo apurado, a mulher procurou um homem, na região do campo, para comprar entorpecentes e acabou sendo morta ao ter a cabeça atingida por uma pedra de aproximadamente dez quilos.

A investigação conseguiu identificar detalhes da vestimenta e identidade do possível autor, reconhecido como sendo morador do bairro

A operação desta quarta visou cumprir mandado de prisão temporária contra o autor, que confessou ter atingido a vítima. A motivação seria uma dívida de R$ 400 por compras antigas de drogas. Ele teria abandonado a pedra nos fundos do estádio, por onde fugiu.

O homem foi levado ao Presídio de Laguna e vai ficar à disposição da Justiça. Segundo a DIC, com isso já foram elucidados 99% dos crimes dolosos contra a vida ocorridos na cidade.

Notícias relacionadas