Fies: Renegociação pode ser feita até agosto

Segundo o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Marcelo Lopes da Ponte, em entrevista à Voz do Brasil, há aproximadamente R$ 9 bilhões devidos em parcelas não pagas.
Foto: Luis Claudio Abreu/Agora Laguna

Estudantes com parcelas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) em atraso têm até 31 de agosto para fazerem suas renegociações com o programa, saldar as dívidas e restabelecer o crédito positivo para quem se encontra negativado.

Segundo o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Marcelo Lopes da Ponte, em entrevista à Voz do Brasil, há aproximadamente R$ 9 bilhões devidos em parcelas não pagas. O total do saldo devedor é de R$ 38,6 bilhões e o governo federal tenta recuperar uma parte com o novo programa de quitação de dívidas.

Para renegociar, o estudante deve ter parcelas em atraso a partir de 90 dias. Os descontos vão de 12% a 92%, e os planos de parcelamento podem chegar a 150 parcelas. Estudantes interessados podem simular os novos contratos de maneira digital, por meio dos aplicativos virtuais do Banco do Brasil ou da Caixa. O presidente do FNDE informou, ainda, que os estudantes com nome negativado em serviços de proteção ao crédito terão o cadastro restabelecido assim que quitarem a primeira parcela.