Escolinha de futebol busca atletas e patrocínio para disputar campeonato regional

Responsável pela escolinha, Geraldo Oliveira, o Tchú, faz um apelo para que esporte seja incentivado na juventude. Genoma Colorado já formou atletas profissionais como Paulo Ricardo (ex-Santos e hoje no Kups, da Finlândia) e Anderson Rosa (do Novorizontino e ex-São Caetano).
Arquivo pessoal/Geraldo Oliveira

No final do mês, o Campeonato Regional de Base, organizado pela Liga Amadora Verde Vale de Futebol (LAVVF), terá início. Com 11 equipes, a competição é considerada uma das principais do Sul de estado por ser uma vitrine de novos talentos do futebol juvenil. De Laguna, o Genoma Colorado representará a cidade, mas até o dia 27, a escolinha de futebol precisa resolver algumas questões. A principal: a falta de atletas.

Responsável pela equipe, Geraldo de Oliveira, o Tchú, se surpreende com o desinteresse de jovens entre 11 e 13 anos pelo esporte. “Os meninos não querem mais saber de futebol. Estamos com dificuldade de montar uma equipe para disputar o campeonato da Verde Vale, que inclusive já fomos campeões. A dificuldade está tão grande, parece que não gostam mais de futebol. Será o celular?”, relata.

O apelo do futebolista é para que os pais incentivem os adolescentes a participarem da escolinha. “O esporte é vida”, afirma. Do passado recente do Genoma, dois ex-atletas são profissionais na atualidade: Paulo Ricardo, que atua no Kups, da Finlândia, e Anderson Rosa, o Dinho, jogador do Grêmio Novorizontino (SP).

O campeonato da LAVVF vai até o final do ano e para assegurar sua participação, a equipe de Laguna também busca patrocínios que ajudem na compra de uniformes, chuteiras e a arcar com as viagens para os estádios que recebem os jogos. “Estamos precisando até de chuteiras, pois nossos alunos são carentes e doações também são bem-vindas. E é difícil, em cada lugar que vamos, só recebemos um não. A gente até perde a vontade e está por um fio de ser algo mais que Laguna já teve”, lamenta Oliveira. O contato para quem tem interesse em apoiar a escolinha ou fazer parte é (48) 9 9605-9836.

Notícias relacionadas