Benefício será concedido para gestantes pelo Auxílio Brasil

Esse benefício é de R$ 65 por mulher grávida na família e é pago durante nove meses, sendo concedido sem ter em conta o estágio da gravidez ou se o pré-natal foi iniciado. Podem receber as famílias inscritas no CadÚnico ou já beneficiárias do Auxílio Brasil, desde que sejam respeitadas as demais regras do programa: como a família não possuir renda per capita mensal superior à linha de pobreza (entre R$ 100 e R$ 200), salvo se estiver dentro da regra de emancipação.
Divulgação

O Ministério da Cidadania divulgou a instrução normativa com os procedimentos para identificar as gestantes elegíveis ao Benefício Composição Gestante (BCG), integrante do pacote do Auxílio Brasil. O BCG pretende aumentar a proteção à mãe e ao bebê durante a gestação, promovendo maior atenção a uma fase essencial para o desenvolvimento da criança.

Esse benefício é de R$ 65 por mulher grávida na família e é pago durante nove meses, sendo concedido sem ter em conta o estágio da gravidez ou se o pré-natal foi iniciado. Podem receber as famílias inscritas no CadÚnico ou já beneficiárias do Auxílio Brasil, desde que sejam respeitadas as demais regras do programa: como a família não possuir renda per capita mensal superior à linha de pobreza (entre R$ 100 e R$ 200), salvo se estiver dentro da regra de emancipação.

Se na família houver mais de uma gestante identificada é possível receber mais de um benefício. Conforme a normativa, a gestante só poderá receber um novo BCG após 12 meses da concessão do benefício anterior, mesmo que haja gestações diferentes neste período. Também diz o documento que que não será possível o registro da gestação caso o atendimento tenha sido realizado após a data provável do parto, contada até 42 semanas após a última menstruação da mulher.

A instrução define o Ministério da Saúde como responsável pelo repasse para o Ministério da Cidadania da relação de gestantes localizadas nos Serviços de Atenção à Saúde do Sistema Único de Saúde (SUS), e também pela rotina já estabelecida de acompanhamento de condicionalidades de saúde, como a realização do pré-natal.

Notícias relacionadas