Ação simulada será realizada na antiga ponte em Cabeçuda

Exercício simulado será de uma colisão entre um carro e um caminhão transportando produto perigoso (gasolina), que resultará no vazamento do material sobre a pista, bloqueando-a totalmente.
Divulgação

O trânsito na ponte Henrique Lage, a antiga de Cabeçuda, será bloqueado a partir das 10h, de quinta-feira, 24, para um exercício simulado de atendimento de emergência com vazamento de produto perigoso.

Segundo a CCR ViaCosteira, o tráfego será desviado para a ponte Anita Garibaldi, durante a ação. O exercício simulado será de uma colisão entre um carro e um caminhão transportando produto perigoso (gasolina), que resultará no vazamento do material sobre a pista, bloqueando-a totalmente. O combustível, para fins didáticos, será substituído por água. Voluntários farão os papéis de vítimas, sendo uma leve e duas ilesas.

“Os objetivos da realização deste exercício são os de promover a integração entre os diversos órgãos de resgate e trânsito do Estado e ampliar a capacitação desses profissionais para situações extremas, de modo a mantermos as equipes preparadas para atender a qualquer ocorrência, no menor tempo e com a máxima qualidade, até mesmo em um eventual acidente deste porte”, afirma o gerente de Atendimento da CCR ViaCosteira, Diogo Stiebler.

A empresa informou que a ação tem colaboração da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBM), Policia Ambiental, Instituto do Meio Ambiente (IMA), Defesa Civil, Conselho Regional de Química de Santa Catarina (CRQ-SC) e Rede SIM de Postos.