Sindicato dos servidores confirma término do estado de greve do Samu

Segundo o comunicado do sindicato, "ficou definido que a luta pelas reivindicações irão continuar administrativamente". 
Divulgação

Em ofício encaminhado à prefeitura e à imprensa, na tarde desta quinta-feira, 3, o Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Laguna confirmou a informação antecipada em primeira mão pelo Portal de que o estado de greve iniciado no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e possibilidade de uma paralisação não seriam levados adiante.

O Samu cobrava do Executivo o cumprimento de um acordo para que fossem feitos reajustes no vale-alimentação e gratificação fixa, bem como a reavaliação das condições insalubres de trabalho, que eles pedem o reconhecimento em grau máximo. Segundo o comunicado do sindicato, “ficou definido que a luta pelas reivindicações irá continuar administrativamente”.

Em nota divulgada à imprensa recentemente, a prefeitura informou que já havia protocolado um projeto de lei na Câmara de Vereadores para a reajustar a gratificação especial paga aos servidores do Samu. A proposta foi aprovada na última quarta-feira, 26, por maioria de votos.

Notícias relacionadas