RG: 2,6 mil documentos já foram emitidos com número único em Laguna

Ontem, o governo federal oficializou a nível nacional o novo documento de identidade com o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) como código de registro geral. A partir de 6 de março, esse modelo será obrigatório para todas as unidades federativas do país. O projeto foi desenvolvido em Santa Catarina.
Fotos: Julio Cavalheiro/Secom

 2,640 visualizações,  12 views today

Dos 139,5 mil documentos de identidade com número único emitidos em Santa Catarina desde novembro, um total de 2.656 foram expedidos pelo núcleo de identificação da Polícia Científica em Laguna, apontam dados fornecidos à reportagem do Portal, pelo órgão estadual.

Ontem, o governo federal oficializou a nível nacional o novo documento de identidade com o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) como código de registro geral. A partir de 6 de março, esse modelo será obrigatório para todas as unidades federativas do país. O projeto foi desenvolvido em Santa Catarina.

Com o documento vinculado ao número único nacional do CPF e atrelado à biometria hoje utilizada na carteira de identidade, teremos máxima segurança ao sistema de identificação civil brasileiro. É motivo de grande alegria estar hoje aqui para ver nosso sonho se concretizando”, aponta o perito-geral da Polícia Científica e presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública de Santa Catarina, Giovani Eduardo Adriano.

A ideia do projeto de número único visa melhorar e tornar mais seguro o sistema de identificação civil no Brasil, integrando as bases de dados estaduais com o cadastro nacional do CPF. Atualmente cada estado possui sistemas independentes que geram diferentes numerações para as identidades. Não há necessidade de troca do documento atual, já que não há prazo validade legal para a carteira de identidade, ou seja, desta forma continuam valendo os atuais.