Vídeo: Ex-prefeito de Criciúma é preso após desobedecer ordem de parada e ser perseguido pela PM

Segundo a polícia, o motorista apresentava sinais de embriaguez. Os procedimentos cabíveis foram adotados.
Divulgação/BAPM-SC

O ex-prefeito de Criciúma, Márcio Búrigo (PL), foi preso após desobedecer ordens de parada e fugir de policiais militares, na tarde deste domingo, 16, na rodovia estadual SC-100, na região da ilha.

O condutor estava em um Ford Ranger e foi perseguido pelas guarnições de radiopatrulha. O helicóptero Águia-04, do Batalhão Aéreo, também foi acionado e fez o acompanhamento do veículo, o interceptando cerca de dois quilômetros depois.

Ele foi abordado já nas proximidades da Barra do Camacho, em direção à Jaguaruna. Segundo a polícia, o político apresentava sinais de embriaguez e foi levado para a delegacia após ter desacatado oficiais.

Búrigo estava há cerca de dez dias em Laguna, onde tem casa de praia, já que havia testado positivo para coronavírus e cumpria quarentena. A abordagem ocorreu quando ele retornava para a cidade de Criciúma. na residência de veraneio. O ex-prefeito, que não quis fazer o teste de bafômetro, assinou um termo circunstanciado. O valor da multa, que teria ocasionado toda a situação, não foi tornado público.

Contraponto

Em nota, a assessoria diz que a exaltação do ex-chefe do Executivo foi “devido a uma infração de transito”. “A exaltação veio em seguida por causa do valor da multa recebida. É de se deixar claro que cumprir a Lei é algo que o Empresário sempre prezou em sua vida e que desta vez não será diferente. A exaltação foi momentânea e na sequência do corrido divulgado em filmagem, o fato já foi esclarecido junto aos PMs e Márcio Búrigo segue com o cumprimento da Lei”, diz o texto.


Atualizado às 20h30.