Tempo de isolamento de pessoas sem sintomas de Covid diminui

Com o novo entendimento, cai de 10 para 5 dias o tempo de isolamento de pessoas sem sintoma respiratório, sem febre há 24 horas (sem o uso de antitérmico) e que tenham resultado negativo para teste PCR ou de antígeno. A contagem é feita após o início das semanas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 3,044 visualizações,  4 views today

Em coletiva de imprensa, nesta segunda-feira, 10, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou que o governo vai alterar suas recomendações sobre o isolamento de pacientes recuperados do novo coronavírus.

Com o novo entendimento, cai de 10 para 5 dias o tempo de isolamento de pessoas sem sintoma respiratório, sem febre há 24 horas (sem o uso de antitérmico) e que tenham resultado negativo para teste PCR ou de antígeno. A contagem é feita após o início das semanas.

Por sua vez, o ministério saliente a necessidade de os pacientes manterem, até o décimo dia, as recomendações básicas de evitar aglomerações e contato com pessoas com comorbidades, continuar o uso de máscaras, entre outras.

Novo entendimento

Pessoas com Covid leve ou moderada, o isolamento será de no mínimo uma semana. Mas, se após ao quinto dia completo, o paciente não apresentar sintomas respiratórios e febre por 24 horas (sem antitérmico), ele poderá fazer o teste (antígeno ou PCR). Se o resultado atestar negativo, ele pode sair do isolamento.

Ao sétimo dia, se os sintomas respiratórios ou febre continuarem, ele pode fazer o teste (PCR ou antígeno). Caso dê negativo, pode sair do isolamento. Se der positivo, deve ficar resguardado até 10 dias e só sair quando não tiver mais sintomas.

No caso de paciente assintomático, se houver teste positivo no 5º dia, este deverá manter o isolamento até o 10º dia. Após esse período, se estiver sem sintomas, não precisará fazer novo teste.