Mocidade Independente começa apresentações de projeto

Espetáculo da agremiação, a mais jovem da escolas de Laguna, trouxe para a praça os admiradores do Carnaval e da verde-e-branco.
Foto: João Sousa Junior/Mocidade Independente

 2,244 visualizações,  4 views today

O ninho da serpente ferveu no último sábado, 22. A Mocidade Independente do Bairro Progresso fez do entorno da praça Paulinho Baeta, o palco para a primeira apresentação do projeto Eu quero é samba.

O espetáculo da agremiação, a mais jovem da escolas de Laguna, trouxe para a praça os admiradores do Carnaval e da verde-e-branco. “As apresentações contam com os principais componentes de uma escola de samba, como, por exemplo: bateria, harmonia de voz e cordas e mestre-sala e porta-bandeira, nossa rainha de bateria, madrinha, rainha mirim, musa e passista”, descreve a presidente Fátima Regina Marçal.

A execução da iniciativa carnavalesca da Mocidade acontece com respeito às medidas sanitárias de prevenção à Covid-19. O projeto foi contemplado Edital Aldir Blanc e é executado com recursos do governo federal e Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.

Próximas apresentações

  • 28/jan – Praça República Juliana, Centro, às 21h.
  • 5/fev – Mercado Público, às 20h.
  • 11/mar – Escola Almirante Lamego, às 19h30.