Final de ano tranquilo e sem mortes, avalia CCR

A operação de final de ano ocorreu entre 23 de dezembro e 3 de janeiro. O maior número de serviços prestados se refere a socorro mecânico, com 560 ocorrências.
Foto de arquivo: Muriel Ricardo Albonico/ESGA/DNIT

 1,364 visualizações

Em doze dias, foram mais de 1,6 mil ocorrências na BR-101 Sul, no trecho entre Paulo Lopes e Passo de Torres, mas sem nenhuma morte, segundo a CCR Via Costeira. Para a empresa, esse período foi tranquilo. “Resultado do esforço em promover as melhores condições de segurança”, afirma a nota da empresa.

A operação de final de ano ocorreu entre 23 de dezembro e 3 de janeiro. O maior número de serviços prestados se refere a socorro mecânico, com 560 ocorrências. Na sequência tem os eventos de pneu furado (151), pane seca (44), superaquecimento de motor (37), bateria descarregada (29) e, por fim, pane elétrica (19). As equipes de atendimento pré-hospitalar fizeram 60 atendimentos clínicos.

“Tivemos um movimento recorde nesse período, com mais de 1,5 milhão de veículos trafegando pela BR-101 Sul/SC. Sabendo desse aumento, reforçamos nossas equipes de atendimento de forma a não causar qualquer tipo de prejuízo aos usuários da rodovia para que pudessem chegar sem imprevistos aos seus destinos”, afirma o gerente de Atendimento da CCR ViaCosteira, Diogo Stiebler.

O serviço de apoio da CCR pode ser acionado, 24 horas por dia, pelo telefone 0800-255-5550 ou pelo WhatsApp (48) 3211-3130.

Notícias relacionadas