Estado confirma aulas 100% presenciais e vacinação será obrigatória para profissionais da educação

Estado permite que o estudante que não puder retornar à aula presencial por saúde, seja atendido em modelo alternativo, desde que apresente laudo médico comprobatório.
Foto de arquivo: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,600 visualizações,  12 views today

As aulas da rede estadual estão previstas para iniciar no dia 7 de fevereiro e serão com os alunos 100% em sala de aula. O decreto oficial com as medidas foi publicado, nesta quarta-feira, 12, e vale também para as instituições privadas de ensino do estado, confirmando estudos que vinham sendo realizados desde dezembro, quando foi removida a exigência de distanciamento mínimo entre os estudantes.

Continuarão vigentes medidas como uso de álcool gel e máscaras no interior dos colégios, e será reforçada a necessidade de se garantir ventilação cruzada nos ambientes escolares. Os profissionais da educação deverão estar vacinados e a impossibilidade de serem imunizados deve ser comprovada via laudo médico. Gestantes poderão continuar atuando de forma remota.

O decreto determina que as adequações necessárias nas instituições públicas e privadas devem ser feitas até o dia 1º de fevereiro. O Estado permite que o estudante que não puder retornar à aula presencial por saúde, seja atendido em modelo alternativo, desde que apresente laudo médico comprobatório.

O governo autorizou a volta às salas de aula no começo de 2021, mas de forma gradativa, mantendo o ensino híbrido, com parte dos estudantes em casa. Segundo a Secretaria de Educação estadual, a taxa de contágio por coronavírus entre alunos sempre ficou abaixo de 0,2% e entre educadores nunca passou de 1%. O acompanhamento é feito via painel digital atualizado pelas próprias escolas da rede.