Projeto de monitoramento registra toninha morta após emalhe

Ela apresentava marcas de emalhe nas nadadeiras caudais e dorsal e com um corte preciso desmembrando a região anterior. Casos semelhantes já foram registrados na cidade.
Foto: PMPBS/Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,908 visualizações,  8 views today

Uma toninha foi encontrada morta, na tarde desta terça-feira, 28, na praia do Sol, em Laguna. Segundo o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), apenas a parte posterior do animal foi localizada.

O projeto informou que as primeiras análises indicam que ela foi cortada e provavelmente vítima de emalhe acidental. A carcaça foi recolhida e levada para estudo.

A filhote fêmea pertence a uma das espécies mais ameaçadas de extinção do Atlântico Sul ocidental.

Ela apresentava marcas de emalhe nas nadadeiras caudais e dorsal e com um corte preciso desmembrando a região anterior. Casos semelhantes já foram registrados na cidade.

Sobre o PMP-BS

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no polo pré-sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

Caso encontre algum animal marinho vivo ou morto, entre em contato com o projeto pelo telefone 0800 642 3341.