Investigação da Dpcami de Laguna prende homem por pornografia infantil no RJ

Polícia Civil do RJ informou que os agentes encontraram imagens de pornografia infantil, com dizeres que lembravam rituais satânicos, além de cadernos com senhas de acesso a sites criminosos com material pornográfico ilegal. 
Divulgação/PCRJ

Um homem, 35 anos, foi preso na tarde de terça-feira, 30, na praia do Siqueira, em Cabo Frio (RJ), como resultado de uma investigação iniciada há alguns meses pela Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami) de Laguna. Ele foi capturado em flagrante por armazenar imagens pornográficas infantojuvenis.

Ao Portal, a delegada Vivian Garcia, explicou que a investigação iniciou para apurar casos de injúria, ameaça e stalking (perseguição virtual) por meio de redes sociais. “Isso estaria vitimando uma adolescente, de 14 anos. Após diligências investigativas, identificamos o suspeito, residente em Cabo Frio e fizemos os contatos com a Polícia Civil local para o cumprimento de medidas”, detalha a titular da Dpcami. A vítima mora em Laguna.

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela Justiça de Laguna e cumpridos pelos policiais da 126ª Delegacia de Polícia, na cidade carioca. A Polícia Civil do RJ (PCRJ) informou que os agentes encontraram imagens de pornografia infantil, com dizeres que lembravam rituais satânicos, além de cadernos com senhas para acesso a sites criminosos com material pornográfico ilegal.

Ainda segundo a corporação de Cabo Frio, nas paredes estava escrito o nome da vítima lagunense com palavras alusivas à ameaças de morte feitas à adolescente. Os policiais apreenderam um notebook, quatro pendrives, um celular, fotos pornográficas e cadernos com anotações. O preso, de acordo com a PCRJ, foi identificado como Lucas D.V. Ele  e os materiais recolhidos foram encaminhados para Unidade de Polícia Judiciária local.

Divulgação/PCRJ