Dois suspeitos de envolvimento na morte de jovem encontrada enterrada são soltos

Já o suspeito de atirar contra a jovem seguia preso até 16h10 desta segunda-feira, 6. Conforme o delegado, a Polícia Civil vai concluir o inquérito em até 30 dias. O corpo de Amanda foi encontrado enterrado na Praia do Sol em Laguna, na manhã de sexta, 3.
Divulgação/PCSC
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 6,692 visualizações,  4 views today

Dois suspeitos de envolvimento na morte de Amanda Albach, 21 anos, foram soltos após decisão judicial no fim de semana, informou o delegado Nicola Patel Filho. A participação deles no crime não foi revelada, mas entre os investigados está uma amiga da vítima.

Já o terceiro suspeito, apontado como autor dos tiros contra a jovem, seguia preso até 16h10 desta segunda-feira, 6. Conforme o delegado, a Polícia Civil vai concluir o inquérito em até 30 dias. O corpo foi encontrado enterrado na praia de Itapirubá, entre Laguna e Imbituba, na manhã da última sexta-feira, 3.

“Hoje o executor do crime está preso e as demais participações estão sendo devidamente apuradas a partir dos dados coletados nos últimos dias. Frisa-se que tanto o Ministério Público quanto o Poder Judiciário sempre atenderam às solicitações da Polícia Civil com a celeridade que a gravidade do caso exige”, afirma Patel Filho, ao Portal Agora Laguna.

Amanda morava em Fazenda Rio Grande, cidade da Região Metropolitana de Curitiba (PR) e estava desaparecida há 18 dias. A vítima tinha uma filha de 2 anos. Os três suspeitos foram detidos no dia anterior ao encontro do corpo, em Canoas (RS).

Com informações do Hora Hiper.

Notícias relacionadas