Preço médio do gás de cozinha em Laguna é o mais barato do estado, diz ANP

Dados foram coletados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) na última semana.
Divulgação/Agência Brasil
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 2,128 visualizações,  4 views today

Levantamento realizado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) aponta que Laguna é única cidade catarinense, dentre as 18 pesquisadas, onde há botijão de gás liquefeito de petróleo (GLP) de 13 kg sendo vendido abaixo dos R$ 100. Os dados da autarquia foram coletados entre 14 e 20 de novembro.

Na cidade juliana, o valor médio é R$ 96,50 e o máximo encontrado é R$ 100. Tubarão, por exemplo, tem o preço mínimo de R$ 108 e o máximo de R$ 114. Em Florianópolis, o botijão é vendido a valores que variam de R$ 114,60 a R$ 119. Na média estadual, o preço gira perto de R$ 109,73.

Segundo a ANP, o preço médio em 3.614 locais pesquisados no país é de R$ 102,27. O valor é R$ 7,46 mais barato que o praticado em Santa Catarina, que, junto com outros 17 estados, vende o GLP acima da média nacional. O estado de Mato Grosso detém o maior preço médio, com 123,55.

Notícias relacionadas

Previous
Next