Pfizer tem dose de reforço aprovada

A aprovação foi condicionada ao monitoramento do uso da dose de reforço e de possíveis efeitos adversos.
Foto ilustrativa
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 852 visualizações,  4 views today

A bula da vacina da Pfizer (Comirnaty) foi alterada por meio de uma resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Com isso, foi incluída a possibilidade da dose de reforço para seis meses após a conclusão do ciclo vacinal para pessoas a partir de 18 anos. A aprovação foi condicionada ao monitoramento do uso da dose de reforço e de possíveis efeitos adversos.

Segundo a Anvisa, com a decisão, a aplicação da dose de reforço da Pfizer passa a estar ratificada pela permissão, mas as demais, ainda não. O consórcio Oxford/AstraZeneca, que tem parceria no Brasil com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), solicitou no dia 17 autorização da terceira dose para quem tomou as duas primeiras do mesmo imunizante.

A Janssen também fez pedido para aplicação da dose de reforço tanto em quem tomou a dose única da farmacêutica quanto em quem recebeu doses de outras marcas. O requerimento foi feito no dia 19 de novembro.

A CoronaVac, da farmacêutica Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, ainda não solicitou a atualização para contemplar a terceira dose.

Previous
Next