Laguna receberá nova estação de tratamento de água em 2022

"Laguna será contemplada com uma estação nova para capacidade de 200 litros por segundo", antecipa o gerente da unidade local, Diego Rodrigues. A construção será realizada na região do Gi.
Divulgação

A partir de janeiro do próximo ano, a Casan vai instalar novas Estações de Tratamento de Água (ETAs) em 20 cidades catarinenses. Laguna está no primeiro grupo de municípios beneficiados com novas unidades de tratamento dentro do planejamento hídrico do governo do Estado para Santa Catarina.

Pré-fabricadas em indústrias, as unidades permitirão um maior controle de qualidade e menor tempo de execução, melhorando o abastecimento de água nos municípios catarinenses com agilidade.

“Laguna será contemplada com uma estação nova para capacidade de 200 litros por segundo”, antecipa o gerente da unidade local, Diego Rodrigues. A construção será realizada na região do Gi.

Feitas em aço inox e automatizadas, as novas ETAs vão acompanhar o crescimento populacional das cidades contempladas pelos próximos 30 anos, garantindo fornecimento constante de água a longo prazo.

Em ação conjunta também serão implantados sistemas de tratamento de efluentes nestas unidades, uma determinação da atual legislação ambiental.

Além de Laguna, as outras cidades beneficiadas serão Balneário Piçarras, Barra Velha, Bocaina do Sul, Botuverá, Canoinhas, Correia Pinto, Indaial, Ipuaçu, Ipurumim,  Iraceminha, Major Gercino, Monte Castelo, Passo de Torres, Peritiba, Ponte Alta,  Romelândia, Turvo, Urupema, Xanxerê.

O investimento de 274 milhões de reais integra o Planejamento Hídrico da Casan para todas as regiões catarinenses. Ao todo, 1,7 bilhão está previsto em obras para melhoria ou instalação de novas ETAs, implantação de novos reservatórios e ampliação da capacidade de distribuição de água.

Divulgação/Casan