Capoeira angola é tema de roda de conversa em Laguna

"O mestre vai falar como é capoeira na Bahia, como ele chegou e sobre a origem das músicas, do jogo etc.", resume Guilherme Preuss, um dos organizadores.
Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 960 visualizações,  8 views today

Uma roda de conversa nesta segunda-feira, 22, traz para Laguna o mestre de capoeira Jogo de Dentro. O especialista vem da Bahia para um bate-papo e também lançar seu livro Capoeira angola e ancestralidade. 

A capoeira angola é um dos variados “estilos” do jogo de origem africana. Um de seus diferenciais é jogar mais luz em características como o jogo, a brincadeira e a busca pela ancestralidade, possuindo em regra movimentos mais lentos, rasteiros e lúdicos.

“O mestre vai falar como é capoeira na Bahia, como ele chegou e sobre a origem das músicas, do jogo etc.”, resume Guilherme Preuss, um dos organizadores.

A roda de conversa está marcada para 18h30, na livraria Coruja Buraqueira. Já nos dois dias seguintes, 23 e 24 de novembro, no mesmo horário, ocorrerão duas vivências práticas da capoeira angola. As atividades ocorrem na União Operária, mas com vagas limitadas. Para participar das vivências práticas, o ingresso custa R$ 30 (dia) ou R$ 50 (dois dias), que podem ser adquiridos na livraria ou pelo contato (48) 99660-7049.

Sobre o mestre Jogo de Dentro

Nascido Jorge Egídio dos Santos, o mestre Jogo de Dentro é natural de Alagoinhas (BA) e ingressou na capoeira angola em 1982. Foi batizado pelo mestre João Grande, a quem recebeu seu nome de Jogo de Dentro. Em 1994, foi agraciado com o título de mestre de capoeira e é um dos mais reconhecidos representantes da prática de capoeira angola. Em 2010, publicou sua autobiografia Vida e obra.