Proibidas até novembro, redes para pesca do camarão são apreendidas pela Polícia Ambiental

Além disso, alguns quilos da iguaria foram apreendidos e doados para a Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC) de Laguna, dentro da iniciativa de repasse das apreensões para entidades filantrópicas. O período de defeso segue até o dia 15 de novembro.
Divulgação/PMA
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 4,888 visualizações,  4 views today

A menos de um mês da data de encerramento do período de defeso do camarão no Complexo Lagunar Sul, a Polícia Militar Ambiental (PMA) de Laguna continua as ações de fiscalização nas lagoas da região para coibir a pesca ilegal do crustáceo.

Em ação iniciada na noite de terça-feira, 19, e concluída nas primeiras horas da madrugada desta quarta-feira, 20, os policiais apreenderam redes do tipo aviãozinho, usadas para a captura do camarão. “Várias ações vêm ocorrendo desde a semana passada, visto que recebemos denúncias de pessoas colocando redes”, explica o sargento Robson Vieira.

Além disso, alguns quilos da iguaria foram apreendidos e doados para a Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC) de Laguna, dentro da iniciativa de repasse das apreensões para entidades filantrópicas. O período de defeso segue até o dia 15 de novembro.

Notícias relacionadas