Pedido de casamento em Laguna repercute nacionalmente

A cena foi tema de portais e jornais de Santa Catarina, Alagoas, Brasília e outros estados. A nível nacional, o casal virou reportagem no programa Balanço Geral, da Record TV, e mais recentemente participaram de uma matéria exibida no Fantástico, da TV Globo, no domingo, 3. 
Arquivo pessoal
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 5,732 visualizações,  32 views today

A história do casal de bombeiros Anderson Cardoso e Fabíola Sampaio, contada por Agora Laguna no último final de semana, repercutiu nacionalmente. Eles são de Tubarão e participaram de um treinamento no quartel de bombeiros de Laguna, onde o sargento a pediu em casamento. A cena foi tema de portais e jornais de Santa Catarina, Alagoas, Brasília e outros estados. A nível nacional, o casal virou reportagem no programa Balanço Geral, da Record TV, e mais recentemente participaram de uma matéria exibida no Fantástico, da TV Globo, no domingo, 3.

O casal está junto há cinco anos. Iniciaram o romance sem muitas formalidades, apenas deram espaço para o amor que nutriam entre si. Isso sempre motivou brincadeiras entre os dois. “Ela sempre brincava comigo que não éramos casados, e que não tínhamos uma data especial do nosso relacionamento”, relatou o sargento, em entrevista ao Portal. Fabíola também dizia que Anderson já tinha feito de “tudo e que nada poderia surpreendê-la”. Foi pensando nisso que cerca de um mês atrás, surgiu a ideia.

Como ambos participariam do treinamento em Laguna, o cenário estava escolhido. “Era só colocar fogo, convidar os bombeiros para participarem e pronto”, resumiu Anderson.

No dia, como combinado, eles entraram no contêiner de treinamento. Era para porem em prática as técnicas ensinadas por Schuelter. Anderson foi na frente e ela o seguiria com a orientação de que não perdesse o contato visual. Sem muita iluminação e cercados por fumaça, caminharam por dentro do espaço. Em um dos pontos, onde o fogo se concentrava, ele conseguiu o que ela dizia ser impossível: a surpreendeu.

Com uma cartolina chamuscada, fez o pedido: “Fabíola, aceita casar comigo?”. Ela respondeu, no padrão militar: “Sim, senhor!”. De joelhos, o sargento estendeu a aliança para oficializar. “Estava desconfiada, mas não sabia como e nem onde. Se me perguntasse antes, se ele teria coragem de fazer aquilo, diria que não. Foi incrível, inesquecível. Só de lembrar, fico emocionada. O que passou na minha cabeça era só gratidão, por ter encontrado alguém tão maravilhoso, tão especial, que faz de tudo pra me ver feliz, e aquilo foi uma demonstração do que ele faz por mim todos os dias. Ele juntou o que amamos fazer, e transformou em um pedido extraordinário”, diz a noiva. “Agora tem data especial e com testemunhas”, acresce o noivo. A data do casamento ainda não está definida, mas deve ser fixada em novembro, logo após Anderson concluir um curso.

Notícias relacionadas

Previous
Next