Ministério da Saúde prorroga multivacinação

A ampliação do prazo ocorre em meio a queda da cobertura vacinal desse público em queda, ainda mais em virtude da pandemia do novo coronavírus.
Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,128 visualizações,  4 views today

A Campanha Nacional de Multivacinação voltada à imunização em crianças e adolescentes, menores de 15 anos, foi prorrogada e irá ocorrer até 30 de novembro, anunciou na sexta-feira, 29, o Ministério da Saúde.

A ampliação do prazo ocorre em meio à queda da cobertura vacinal desse público, ainda mais em virtude da pandemia do novo coronavírus. Cerca de 18 imunizantes são oferecidos nessa campanha: BCG, hepatite A e B, penta (DTP/Hib/Hep B), pneumocócica 10 valente, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VRH (vacina rotavírus humano), meningocócica C (conjugada), VOP (vacina oral poliomielite), febre amarela, tríplice viral (Sarampo, rubéola, caxumba), tetraviral (sarampo, rubéola, caxumba, varicela), DTP (tríplice bacteriana), varicela e HPV quadrivalente (Papilomavírus Humano).

O ministério também reforçou que os imunizantes do Programa Nacional de Imunizações (PNI), são seguros e registrados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A atualização vacinal aumenta a proteção contra as doenças imunopreveníveis, evitando a ocorrência de surtos e hospitalizações, sequelas, tratamentos de reabilitação e óbitos. Crianças menores de dois anos de idade foram as mais atingidas pela campanha, com mais 1,5 milhão de doses aplicadas.

Notícias relacionadas