Limite de transferências noturnas via Pix passa a valer hoje

Teto vale, inclusive, para os meios de transferências como TED, DOC, além de pagamentos de boletos e compras com cartões de débitos.
Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,128 visualizações,  4 views today

A partir desta segunda-feira, 4, passa a valer o lime de R$ 1 mil para transferências e pagamentos realizados por pessoas físicas no período entre 20h e 6h. A medida não afeta empresas. A limitação foi anunciada em agosto como medida para reduzir os casos de sequestros e roubos que acontecem durante a noite.

O teto vale, inclusive, para os meios de transferências como TED, DOC, além de pagamentos de boletos e compras com cartões de débitos. O cliente, porém, poderá alterar os limites das transações por meio dos canais de atendimento eletrônico das instituições financeira. A modificação vai ser efetiva em até 24 horas após a solicitação, e não instantaneamente.

As instituições financeiras devem oferecer aos clientes opção para cadastrar previamente contas que poderão receber transferências que excedam esses limites. Os bancos também vão poder bloquear, a partir do dia 16 de novembro, o recebimento de envios financeiros via Pix a pessoas físicas por até 72 horas, se houver suspeita que a conta beneficiada seja usada para fraudes.

Essa medida visa possibilitar que o banco analise mais criteriosamente fraudes em contas de pessoas físicas, aumentando a chance de recuperação dos recursos por vítimas de algum crime ou extorsão. O bloqueio será imediatamente comunicado ao usuário recebedor.