Justiça mantém pena de homem que furtou celular em Laguna e se exibiu em ‘selfie’ no celular da vítima

O caso chama atenção pela forma que ele foi preso. O homem furtou um celular e alterou o status do WhatsApp no aparelho e incluiu uma foto sua, usando os pertences. Uma captura de tela da imagem foi feita e apresentada à delegacia, onde os agentes reconheceram o ladrão e iniciaram os procedimentos para sua captura.
Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 2,740 visualizações,  8 views today

Decisão da 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJ) de Santa Catarina manteve as penas imputadas a um homem que cumpria duas punições em liberdade, mas voltou a cometer crimes. Ele foi preso pela polícia em janeiro de 2020 após invadir um apartamento em Laguna e furtar pertences do dono do local. Por causa disso, recebeu uma nova pena de quatro anos, um mês e 23 dias, além de 16 dias-multa.

O caso chama atenção pela forma que ele foi preso. O homem furtou um celular e alterou o status do WhatsApp no aparelho e incluiu uma foto sua, usando os pertences. Uma captura de tela da imagem foi feita e apresentada à delegacia, onde os agentes reconheceram o ladrão e iniciaram os procedimentos para sua captura.

Em depoimento, o preso negou o ocorrido, sem conseguir manter coerência nas informações prestadas, nem possuir álibi, foi mantido atrás das grades. O processo, uma apelação criminal, pode ser consultado pelo número: 5000710-68.2020.8.24.0040/SC).

Previous
Next