Polícia captura assaltante após quatro crimes cometidos em menos de um mês

Prisão ocorreu na última sexta-feira, 17, mas a informação só foi tornada pública nesta quarta-feira, 22, pela corporação.
Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 4,356 visualizações,  8 views today

A Polícia Civil de Laguna divulgou que prendeu um homem, 35 anos, apontado como autor de quatro assaltos ocorridos em Laguna nos dias 14 de agosto, e 5 e 6 de setembro. A prisão ocorreu na última sexta-feira, 17, mas a informação só foi tornada pública nesta quarta-feira, 22, pela corporação.

Segundo a polícia, a ação envolveu as delegacias de Laguna e Pescaria Brava, além da Divisão de Investigação Criminal (DIC). As apurações iniciaram em agosto, após um assalto ocorrido por volta das 3h, em um posto de combustível. O preso e mais um comparsa ameaçou o frentista, que se livrou deles, porém, um conseguiu entrar na conveniência e levar o dinheiro do local.

Naquele mesmo dia 14, às 23h, também junto de um comparsa, eles assaltaram a praça de pedágio de Laguna, fugindo em uma moto com o dinheiro que o atendente tinha no guichê. Eles usaram uma faca para fazer ameaças.

Os outros crimes ocorreram em setembro. Por volta das 23h40, do dia 5, sozinho, o preso entrou em um hotel da cidade e rendeu um funcionário, que reagiu. Eles entram em luta corporal, mas o criminoso acabou saindo do local com pertences do empreendimento. Já na tarde do dia seguinte, o assaltante entrou em uma farmácia, conversou com funcionárias e foi até o interior de uma área restrita. Usando uma faca, as ameaçou e fugiu do local com objetos do estabelecimento.

Após juntar provas e colher depoimentos, a delegacia requisitou a prisão de um dos autores, que havia sido identificado, com parecer favorável do Ministério Público (MP) e da Justiça. A prisão foi consumada na sexta-feira, às margens da BR-101, em Tubarão. O homem tentava fugir para outro local, mas não teve êxito. O inquérito do caso será concluído em dez dias e encaminhado ao MP para análise.