Empresa que fará dragagem no berço de atracação é definida e obra deve durar 120 dias

Conforme o gerente do porto, Fernando Vechi, a dragagem vai remover sedimentos para aumentar a profundidade, que poderá chegar a cinco metros, e tornar o terminal atrativo e seguro para os armadores.
Foto: Elvis Palma/Agora Laguna
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 3,540 visualizações,  8 views today

Com previsão para durar cerca de 120 dias, a dragagem do berço de atracação do Porto de Laguna vai custar R$ 798.988,83 para a SC Participações e Parcerias (SC Par), autarquia do governo do Estado que administra a estrutura. O contrato com a empresa RP Locações, de Imbituba, vencedora da licitação, foi publicado na última segunda-feira, 27, no Diário Oficial, e as primeiras reuniões entre a contratada e a gestão portuária já ocorreram.

Conforme o gerente do porto, Fernando Vechi, a dragagem vai remover sedimentos para aumentar a profundidade, que poderá chegar a cinco metros, e tornar o terminal atrativo e seguro para os armadores. Os sedimentos trazidos pelo Rio Tubarão e afluentes provocaram o assoreamento do canal, cuja profundidade atual é inferior a três metros.

A SC Par informou, em agosto, que já foi feito o processo de obtenção do licenciamento ambiental da obra. O contrato prevê que as obras não podem interferir nas atividades portuárias.