Suplente volta atrás e decide aceitar convocação para assumir como vereador

Por telefone, Sandro José da Silva afirmou que a mudança de pensamento ocorreu após várias manifestações de amigos, familiares e eleitores terem sido enviadas como uma forma de incentivo à aceitar a oportunidade. "Em consideração a estas pessoas, se confirmar a licença, vou assumir na Câmara para representar o povo de Laguna e principalmente aqueles que acreditaram na gente. Tudo o que vier e for para o bom do povo, vamos apoiar", disse.
Reprodução/Facebook
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 3,336 visualizações,  12 views today

Mudança de planos e de nomes na Câmara de Vereadores. Convocado para assumir de forma interina na vaga de Édi Goulart Nunes (PSD), licenciado a partir desta segunda-feira, 16, por 30 dias, o primeiro suplente do partido, Sandro José da Silva, o Sargento Sandro, decidiu voltar atrás na decisão de não acatar a convocação e assumir a cadeira.

Na última sexta-feira, 13, Agora Laguna informou que Nunes se afastou por questões médicas e que os suplentes seriam convocados. Ronaldo Bonifácio, o Boca, declinou da convocação por estar nomeado em função comissionada na prefeitura. Silva também relatou à reportagem que abriria mão da oportunidade por razões particulares. Desta forma, a terceira suplente, Karmensita Cardoso, seria convocada e sinalizou que iria assumir a vaga, diante das recusas.

Por telefone, o policial afirmou que a mudança de pensamento ocorreu após várias manifestações de amigos, familiares e eleitores terem sido enviadas como uma forma de incentivo à aceitar a oportunidade. “Em consideração a estas pessoas, se confirmar a licença, vou assumir na Câmara para representar o povo de Laguna e principalmente aqueles que acreditaram na gente. Tudo o que vier e for para o bom do povo, vamos apoiar”, disse.

Notícias relacionadas