Senado aprova e envia para sanção projeto que suspende prova de vida até dezembro

Comprovação é realizada anualmente é uma condição feita para evitar fraudes no pagamento dos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). 
Gerência Regional do INSS em Criciúma. Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,768 visualizações,  8 views today

Os senadores aprovaram, na quarta-feira, 11, o projeto de lei para suspender até 31 de dezembro a prova de vida dos beneficiários da Previdência Social, em virtude da pandemia do novo coronavírus. A comprovação é realizada anualmente é uma condição feita para evitar fraudes no pagamento dos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Os parlamentares apontaram que a suspensão se justifica para evitar contaminação por coronavírus nas agências bancárias e da previdência. Durante a discussão do tema, o senador Jorge Kajuru (Podemos-GO) mencionou dados do INSS que indicam que mais de doze milhões de beneficiários não fizeram o procedimento de prova este ano e, por isso, correm o risco de ficar sem o benefício. Um total de 23 milhões de pessoas já realizaram a comprovação.

O projeto também teve aprovação da Câmara dos Deputados em julho e agora segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).