Saque de auxílio é autorizado para beneficiários do Bolsa Família com NIS 2

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal. A rodada de pagamentos, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.
Foto: Leonardo Sá/Agência Senado
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 2,816 visualizações,  4 views today

A partir desta quinta-feira, 19, poderão sacar a quarta parcela do auxílio emergencial as pessoas beneficiárias do Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) encerrado no dígito 2.

O benefício pode ser transferido para uma conta-corrente, sem custos para o usuário. Até o ano passado, o dinheiro apenas podia ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

Se o beneficiário possuir dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h, ou, ainda, consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal. A rodada de pagamentos, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.