Saneamento, saúde e infraestrutura recebem recursos estaduais

São verbas destinadas pelo Estado e algumas são frutos das emendas parlamentares impositivas. 
Foto: Peterson Paul/Secom
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 2,244 visualizações,  12 views today

Três áreas de investimento público receberam recursos nesta sexta-feira, 27, em ato solene do Governo de Santa Catarina, em Tubarão. São verbas destinadas pelo Estado e algumas são frutos das emendas parlamentares impositivas.

O principal anúncio foi a assinatura do convênio para o lançamento do edital de pavimentação da rodovia Ageu Medeiros, entre Laguna e Tubarão, no valor de R$ 84,5 milhões. O certame será realizado pelo Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Amurel (CIM-Amurel) e o pagamento será em três parcelas. “É uma prioridade e tem impacto regional. O projeto foi muito bem feito pela Amurel. Agora esperamos que o Consórcio possa fazer o edital de licitação o mais breve possível”, frisa o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli (PP).

Segundo o Estado, o acesso vai criar uma alternativa segura e turística à BR-101, dando continuidade ao projeto de integração entre Laguna, Região do Farol, Capivari de Baixo e Tubarão. A obra da Ageu Medeiros é uma demanda antiga e começou a tramitar no Estado, com mais força, a partir de 2019, em uma reunião do governo estadual com as gestões municipais na Associação Empresarial de Tubarão (Acit).

Na área da saúde, foi anunciado o repasse de uma emenda de R$ 300 mil para aplicação na reforma do setor de emergência do Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos. Os recursos são de emenda parlamentar da deputada estadual Ada De Luca (MDB).

No mesmo ato, a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) anunciou o repasse de 5% da arrecadação das tarifas para o Fundo Municipal de Saneamento de Laguna.

De acordo com a concessionária, o aporte deve chegar a mais de R$ 885 mil por ano. A verba deve permitir investimentos em ações complementares de abastecimento de água e esgotamento sanitário, além de resíduos sólidos e drenagem urbana.

Também houve a assinatura de um repasse, no valor de R$ 1,1 milhão, para a ampliação da rede coletora de esgotamento sanitário na rua Leoberto Leal com a extensão de 1.560 metros e 195 ligações, com meta de atender 600 habitantes.

Notícias relacionadas

Previous
Next